Circo com animais?


Allô malta. Para quem não me conhece não sabe o quanto gosto de animais tanto que, se sou vegetariana muito se deve a eles. Por isso, hoje venho falar de um tema que não é muito abordado mas que, para mim faz todo o sentido ser partilhado aqui no meu cantinho.
Estamos em pleno século XXI e é incrível a quantidade de pessoas que ainda pagam para verem os animais a serem utilizados como ferramentas de trabalho, contribuindo assim, para estes seres vivos continuarem a serem vistos como meros cifrões para a maioria dos seus "donos". O pior, é levarem as crianças que são tão inocentes e não se apercebem do que está por detrás de tanto truque "bonito" que estes fazem. Bem como, não se apercebem que metade destes animais estão a milhas de distância dos seus habitat's naturais, incentivando assim, o tráfico de animais pelo mundo inteiro. Claro que, muitas pessoas não sabem o que se passa por detrás das cortinas do espectáculo, apesar de, haver muita informação a verdade é que, muita gente prefere não saber estas realidades.
Os animais que são prisioneiros dos circos uma vida inteira em troca de um bilhete e, de uma salva de palmas, sofrem torturas horríveis para aprenderem a ser uns fantoches nas mãos dos seus domadores. O sofrimento começa logo no momento da captura e, só acaba com a morte dos animais, na maioria das vezes. Estes animais são sujeitos a uma vida inteira entre jaula em jaula. A levarem tareias diariamente. Muitas vezes, não existe qualquer tipo de higiene. São obrigados a ambientarem-se a mudanças climáticas devido a estarem longe do seu meio habitat. Estão regularmente sedados para estarem calmos e tranquilos para o espectáculo e fotografias posteriores aos números que estes fazem, entre outros maltratados.
Se estes seres vivos estivessem no seu meio habitat jamais andavam vestidos, pedalavam bicicletas ou andavam sobre duas patas somente. Assim, estes comportamentos quase humanos é uma forma de retirar a dignidade e essência destes animais.
Actualmente, existe já opções de circos sem animais e é nesses que devemos de apostar, pois são grupos pequenos que, nem sempre têm o seu devido valor por lhes faltar "algo". Estas mudanças necessitam de ser feitas nas sociedades e nas mentalidades das pessoas. Melhor, é algo que não devemos passar aos mais pequenos, pois se forem habituados a respeitar os animais e a saberem a realidade de muitos problemas já é um passo para a mudança acontecer.
Sejam felizes, xoxo - A Maria do Mar 🐚

6 COMENTÁRIOS

  1. Em criança, cheguei a ir ao circo, mas depois deixou de me fazer sentido toda esta prática, ainda para mais quando comecei a perceber os maus tratos associados em muitos deles

    ResponderEliminar
  2. Em criança ia ao circo, agora já não consigo. Não me faz qualquer sentido!
    beijinhos

    www.amarcadamarta.pt

    ResponderEliminar
  3. Tenho 23 anos e nunca fui ao circo. Claro que em criança cheguei a pedir, mas nunca surgiu a oportunidade e ainda bem. Acho que se pode fazer muita coisa em jeito de entretenimento sem ser necessário usar e abusar dos animais... Como tu referes, é nisso que devemos apostar e não continuar a compactuar com estes espetáculos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Não podias ter dito melhor
    A última vez que fui ao Circo era adolescente e fui com os meus Pais.
    Desde então que me recuso a entrar num que tenha Animais, inclusivé houve uma vez, há uns 15 anos atrás, uma ida ao Circo da minha Escola, e eu como Professora recusei, os meus alunos foram porque não tenho qualquer direito de tomar essa decisão mas eu não fui claro.
    É uma batalha longa, aos poucos acho que conseguiremos
    Beijinhos

    ResponderEliminar

My Instagram